Jorge & Mateus, revelação da música sertaneja
Jorge e Mateus Ao Vivo em Goiânia

Amizade, trabalho, diversão e amor à música são os ingredientes que unem a jovem dupla Jorge & Mateus, donos do sucesso “Pode Chorar”, canção onipresente em qualquer festa country Brasil afora. Aos 25 e 21 anos, Jorge e Mateus moram no mesmo prédio em Goiânia, para onde se mudaram depois de apostarem suas fichas na carreira artística e saírem de Itumbiara, cidade com apenas 100 mil habitantes, a 200 quilômetros da capital. A decisão não poderia ter sido mais acertada.
Depois de dois anos se apresentando em bares, festivais e casas de shows da região, eles viram o sucesso chegar a galope no primeiro CD e DVD “Jorge & Mateus Ao Vivo em Goiânia”, que a gravadora Universal Music lança este mês para todo o Brasil. “Nosso primeiro CD demo foi gravado na garagem da casa do Mateus. O segundo já foi produzido pelo Pinócchio [tarimbado produtor e arranjador do segmento sertanejo] e nossa agenda de shows não pára. Estamos muito felizes”, comemora Jorge.
Logo que resolveram juntar as violas profissionalmente – antes, tocavam separados em festas de amigos –, Jorge e Mateus passaram a compor. Fiéis à tradição sertaneja goiana, a dupla também adicionou ao som influências mais contemporâneas. “Escolhemos músicas de nossa raiz, com muita viola e sanfona caipiras, canções que sempre gostamos de escutar, além de novas influências, como o axé e o forró”, conta Mateus. “Apostamos em um som mais pop, com variações de ritmos. Nosso público é jovem, entre 15 e 30 anos, e não o das duplas convencionais. Fazemos shows em muitas festas de colégios e universidades porque quem curte nosso som tem uma cabeça mais aberta em termos musicais”, completa Jorge.

Para mostrar a originalidade da dupla, o primeiro sucesso do trabalho - “Pode Chorar”, na programação das principais rádios do país - é um forró animado descoberto no Nordeste. “O Brasil é enorme e existe um mercado paralelo muito forte”, conta Jorge. Eles também pinçaram do repertório de Bruno e Marrone “Tem nada a Ver”, faixa que abre o CD e DVD ao vivo, gravado na casa de shows Burro Preto. “Esta música eles gravaram há dez anos e passou despercebida. Demos uma nova roupagem, mais animada, e ficou com a nossa cara”.
Conhecidos pelo alto astral nos shows, Jorge e Mateus são fãs assumidos do trabalho da antiga dupla João Paulo & Daniel. Do repertório deles, selecionaram “Tá Faltando Amor” e “Te Cuida Coração”, canções românticas que ouviam desde adolescentes. “É uma parceria do Daniel com Pinócchio, que já lançou muitas duplas e é um profissional muito inteligente, tem a cabeça aberta musicalmente”.
As canções autorias do álbum – cinco ao todo – foram compostas por Jorge nos últimos dois anos. “São letras autobiográficas, experiências que vivenciei. Agora já estou escrevendo mais sobre outros fatos e situações”, diz ele, que prefere temas românticos com um ritmo mais animado. “É uma mistura que dá certo. A turma se diverte nos shows e também pensa na mensagem”. É o caso de “Querendo te Amar”, preferida das meninas, uma declaração de amor em tom pop, e “Goiânia me Espera”, um animado arrasta-pé comandado pela sanfona caipira de Pinócchio, que também emplacou no CD o bailão “Cavaco de Pau”. Jorge, porém, não esquece das composições românticas. “Castigo”, sobre desencontros amorosos, e “Fogueira”, um lamento saudoso pela moça que se foi, vão ajudar os fãs a confortarem os corações machucados.

Para valorizar as raízes, Jorge e Mateus incluíram no repertório a moda de viola “Paixão Goiana”, da dupla tradicional Ronaldo Viola & João Carvalho, sobre as andanças pelos interiores do Brasil tocando até o sol raiar. “A música cita várias cidades pequenas por onde já passamos e termina em Itumbiara, nossa casa”, explica. Outra moda de viola bastante conhecida pelas estradas país afora é “Espinho na Cama / Avião das Nove”, uma das preferidas da dupla. “Esta música lembra nossa infância, quando começamos a tocar”. Já a faixa “Do Brasil a Argentina (tô indo te buscar)” lembra as festas entre amigos da faculdade de Direito, em Itumbiara, onde Jorge cursou até o nono período. “Mateus fez Agronomia em Goiânia e também não se formou. Mas incluímos a música no disco”, conta.
Desde que lançaram os novos CD e DVD, Jorge e Mateus vêm tocando não só nas universidades, mas nos principais festivais e eventos de música sertaneja, como o Caldas Country Fest, que levou cerca de 25 mil pessoas por dia à cidade de Caldas Novas, em Goiás, no feriado de 02 de Novembro. Sucesso absoluto do início ao fim do show, os garotos fincam cada vez mais raízes na nova geração da música sertaneja. “A melhor coisa é fazer o que se gosta. Quebrei barreiras na minha família entrando para o meio artístico e hoje todos se orgulham de mim”, comemora Jorge, emocionado. “Os pais não querem que os filhos passem necessidade em uma carreira difícil. Mas nos agarramos à oportunidade e, graças a Deus, tem dado certo. Agora eles se realizam com nossa felicidade”, completa.
Apesar do futuro promissor, nada de descanso. A dupla sente-se em um novo recomeço com este trabalho e o ingresso na Universal Music. “É uma renovação, uma carta que tiramos da manga”, brinca. Sem mágicas, eles emocionam fãs e encantam o público por onde passam. “Agora só temos que trabalhar ainda mais para chegar aos quatro cantos do Brasil”, avisa a dupla. Alguém duvida?

Conheça mais sobre a dupla em www.jorgeemateus.com.br

Agradecimentos:Letícia Paes Leme - Assessoria Jorge & Mateus
 
Divulgue o seu artista, seus produtos, sua festa de peão, sua balada em nosso canal
COUNTRY CLUB TV
Entre em contato conosco!
 
 

Country Club Brasil ©2006 - Todos os direitos resevados