Entrevista com a Cantora Lee Dicristian
Lee Dicristian chega como tempestade no cenário nacional do sertanejo universitário

Ela está pronta para viver e causar uma tempestade na música sertaneja.

A cantora mineira Lee Dicristian se prepara para lançar o CD “Tempestade” e promete um vendaval de alegria e alto astral no sertanejo universitário.

Por telefone conversou num bate papo descontraído sobre seus projetos e suas influências na música sertaneja.

Country Club Brasil: Qual sua perspectiva em relação ao lançamento do Novo CD “Tempestade”?

Lee Decristian: A melhor possível, já está nas rádios a primeira música de trabalho “Solteira sim, sozinha nunca” que é uma canção com a cara do sertanejo universitário, muito animada e com a pegada.
O Cd foi feito com muito carinho, produzido no Rio e São Paulo e mixado e masterizado nos Estados Unidos. Agora iremos começar o trabalho de divulgação nas rádios de todo o Brasil.

Country Club Brasil: Quais seus artistas preferidos na música sertaneja?

Lee Decristian: Há muitas referências, Chitãozinho & Xororó, Victor & Léo, Jorge e Mateus, a própria Maria Cecília da dupla com Rodolfo.

Country Club Brasil: A capa do novo cd ficou bem bacana, de quem foi a idéia ?

Lee Decristian: Pensamos em fazer em algo diferente e em conjunto com minha equipe achamos que essa capa seria algo que combinava com o cd.

Country Club Brasil: No CD, as composições são todas suas ou existem parcerias?

Lee Decristian: Há algumas de minha autoria e outras em parceria com o meu amigo e compositor William Razzy.

Country Club Brasil: Como é o seu show de estrada, já esta preparando algo?

Lee Decristian: Sim já estamos, meu show é super animado, ninguém fica parado, no repertório músicas do novo cd e sucessos do sertanejo universitário atual. Vou colocar todo mundo pra dançar RSS.

RELEASE - NOVO CD - LEE DICRISTIAN
Um verdadeiro vendaval de alegria, alto astral, animação, dança e boa música. Aos 22 anos, a mineira Lee Dicristian, que já tem quatro trabalhos independentes no currículo, prepara-se para lançar seu primeiro CD - Tempestade.

Um álbum que reúne um repertório com levadas do sertanejo universitário, com letras que falam da realidade de quem vive nas cidades grandes e em todo o interior do país.

Voz conhecida no mundo dos rodeios do país, Lee Dicristian canta o que conhece.
A identificação com o sertanejo vem desde pequena. Lee sempre esteve em rodeios com a família e amigos nas horas de lazer e até para trabalhar.
Não demorou muito para se tonar madrinheira nos festivais, ganhando a tarefa de ser uma das responsáveis pela segurança dos peões nas arenas.

Fora das arenas onde bois e cavalos ditam as regras, a jovem se prepara para o lançamento de Tempestade, título também de uma faixa do CD, previsto para o mês de agosto, que vai revelar músicas empolgantes, interação com o público , embalados pela voz suave e firme da mineira.

Na canção escolhida para comandar o CD, críticas a um mundo comandado por regras e lições de moral. Em "Solteira sim, sozinha nunca", Lee canta "vou pra balada, festa animada. Enquanto não acho a certa, me divirto com as erradas" e revela seu lado forte de mulher decidida, que sabe segurar firme as rédeas do que quer.

Isso, sem perder a doçura e leveza própria dos jovens de levar a vida. O bom humor dita a regra sempre. "A letra da música combina muito comigo porque é alegre e muito engraçada. Minhas composições são assim, parecidas comigo. Pego como base histórias da minha vida", revela.

O álbum, produzido no Rio e em São Paulo, foi mixado e masterizado nos Estados Unidos. A maioria das faixas foi escrita pela própria artista em parceria com o amigo e compositor William Razzy. "A participação e a empolgação de toda a equipe foi o ponto chave para nossa inspiração", conta Lee.

Mesmo soltando o verbo para cantar em "Solteira sim, sozinha nunca", como nos versos "eu vivo a vida sem compromisso, o que eu faço ninguém tem nada a ver com isso", Lee Dicristian revela ser uma jovem muito além do estereótipo de rebelde.

Teve o primeiro contato com a música aos 11 anos de idade, quando entrou para o coral de sua escola. A experiência levou a menina a estudar música, embora nunca imaginasse que se tornaria uma cantora profissional.

Em pouco tempo, a garota tímida do Ensino Fundamental começou a se destacar dos demais colegas e a tocar violão, iniciando uma carreira que a tornaria uma típica artista do chamado sertanejo universitário. "É um estilo que vem fazendo muito sucesso no Brasil, uma mistura de muito violão e sanfona nos arranjos das canções", diz ela.

Cheia de sonhos e muito religiosa, se diz pronta para a fama, cada vez mais presente. "Venho me preparando há cinco anos. Tenho a cabeça no lugar e estou ciente de tudo o que pode vir a acontecer no futuro. Sou forte e sei muito bem o que quero, por isso procuro estar de bem comigo e com a vida sempre", garante.

Lee Dicristian já tem planos também de investir em uma carreira internacional e de gravar um disco em espanhol, mas para isso conta com seus fãs ao seu lado. Afinal, é para eles que ela manda toda sua boa energia. "Os fãs podem esperar músicas para escutar em todos os momentos da vida. Faço canções para se identificar e se encontrar", declara a cantora, que promete embalar os corações apaixonados ou em busca de um amor nas românticas A lua e o Mar e Anjo Meu.

Planos traçados, CD saindo do forno, é hora de botar o pé na estrada e colocar a galera para cantar e dançar. Que venha a tempestade contagiante de Lee Dicristian!

Ana Paula Domingues - Seven Music

Release enviado por Miriam Martinez
 
Divulgue o seu artista, seus produtos, sua festa de peão, sua balada em nosso canal
COUNTRY CLUB TV
Entre em contato conosco!
 
 

Country Club Brasil ©2006 - Todos os direitos resevados