Pedro Bento & Zé da Estrada lançam CD/DVD
PEDRO BENTO & ZÉ DA ESTRADA - 50 Anos

UI, UI, UI, UI! ARRIBA!

OS VIOLEIROS CHEGARAM VESTIDOS COM CHAPELÕES MEXICANOS, TÍPICOS DOS MARIACHIS. A PLATÉIA VIBRA COM O SOLO DE TROMPETE, MAS O ESPETÁCULO ACONTECE NUM PALCO MUITO DISTANTE DE GUADALAJARA. OS VETERANOS PEDRO BENTO E ZÉ DA ESTRADA ARREBANHAM OS ADORADORES DA MÚSICA SERTANEJA QUE BROTOU COM FORÇA NAS ROÇAS PAULISTAS NA METADE DO SÉCULO PASSADO.

COM UMA VANTAGEM EM RELAÇÃO AS DEMAIS DUPLAS DESSE BRASIL. COMO NINGUÉM, ELES INOVARAM AO IMPORTAR AS RANCHEIRAS QUE SEMPRE FIZERAM SUCESSO NA AMÉRICA CENTRAL. AS ROUPAS E OS ACESSÓRIOS TÍPICOS PASSARAM A FAZER PARTE DO CENÁRIO DO PALCO A PARTIR DE 1963, GANHANDO ASSIM O TITULO DE “OS AMANTES DA RANCHEIRA”. MAS A HISTÓRIA DOS VIOLEIROS HAVIA COMEÇADO NA DÉCADA ANTERIOR.

PEDRO BENTO (JOEL ANTUNES LEME), NASCEU EM 1934, EM PORTO FELIZ SP. AINDA GAROTO ANIMAVA AS RODAS DE VIOLA NAS QUERMESSES DAS CIDADES DA REGIÃO, COMO PIRACICABA E TIETÊ.
NA DÉCADA DE 1950, CONVIDADO PARA PARTICIPAR DO PROGRAMA MANHÃS DA ROÇA, DE CHICO CARRETEL, NA RÁDIO PAULISTANA CRUZEIRO DO SUL, PEDRO BENTO ACABOU CONHECENDO NO ESTÚDIO O PARCEIRO ZÉ DA ESTRADA (WALDOMIRO DE OLIVEIRA), FILHO ILUSTRE DE BOTUCATU – SP, NASCIDO EM 1929. PRONTO, IDENTIFICAÇÃO MÚTUA. A DUPLA ESTAVA FORMADA, COMEÇARAM A CANTAR E TOCAR EM EMISSORAS DE RÁDIO E CIRCOS DE TODO O INTERIOR, EM 1958, A DUPLA GRAVOU O PRIMEIRO DISCO, EM 78 ROTAÇÕES, PELA GRAVADORA CONTINENTAL. O CARRO CHEFE DO VINIL ERA A MÚSICA “O SERESTEIRO DA LUA”, PRIMEIRO SUCESSO DA CARREIRA.

O HIT SERTANEJO FOI COMPOSTO PELO PRÓPRIO PEDRO BENTO, EM PARCERIA COM CAFEZINHO E JOSÉ ARRAIA. MAS O SUCESSO CRESCEU. ENTRE 1966 E 1970. NO BRASIL INTEIRO JÁ ESTAVAM CONGESTIONADAS DE SUCESSOS COMO MOURÃO DA PORTEIRA (RAUL TORRES E JOÃO PACÍFICO), PIRACICABA (NILTON MELO) E SINHÁ MARIA (RENÊ BITTENCOURT).

MAS A DIVERSIFICAÇÃO NÃO FICOU SÓ NOS TRAJES. PEDRO BENTO E ZÉ DA ESTRADA GRAVARAM CANÇÕES DE ESTILOS VARIADOS, COMPOSTAS

POR COMPOSITORES CONSAGRADOS COMO ALMIRANTE E ALMIR SATER, ENTRE OUTROS.
PARA SE TER UMA IDÉIA, PEDRO BENTO E ZÉ DA ESTRADA GRAVOU, ATÉ HOJE CERCA DE DUAS MIL MÚSICAS (16 EM 78 ROTAÇÕES, 104 LP’S E 25 CD’S). A IDADE CHEGOU, TÁ CERTO. MAS ELES CONTINUAM CULTUADOS COMO NO COMEÇO DA TRAJETÓRIA, HÁ MAIS DE QUATRO DÉCADAS.

CURIOSIDADES:

• A DUPLA POSSUI UM MUSEU HISTÓRICO NA CIDADE DE PRATÂNIA SP, ABERTO DIARIAMENTE À VISITAÇÃO PÚBLICA ONDE EXISTEM OBJETOS COMO TROFÉUS, DISCOS, FOTOS, INDUMENTÁRIAS E INSTRUMENTOS MUSICAIS ANTIGOS USADOS PELA DUPLA.
• PEDRO BENTO E ZÉ DA ESTRADA NÃO FIZERAM SUCESSO APENAS NA MÚSICA. NA DÉCADA DE 60, FOI LANÇADO PARA O CINEMA O FILME COM O TÍTULO “OS TRÊS BOIADEIROS”, ONDE A DUPLA TEVE UM BOM DESEMPENHO EM INTERPRETAR PERSONAGENS DE DESTAQUE, JUNTAMENTE COM O ATOR CHICO DE FRANCO.
• PEDRO BENTO E ZÉ DA ESTRADA ESTÁ COMEMORANDO 50 ANOS DE CARREIRA.
• EM 2010 A DUPLA ESTARÁ RECEBENDO UMA HOMENAGEM DA CÂMARA DOS VEREADORES DA CIDADE DE CAMPINA DO MONTE ALEGRE – SP, Á 223 KM DE SÃO PAULO, PROJETO IDEALIZADO PELO VEREADOR ORLANDO DONIZETI ALEIXO E PELO SENHOR JOÃO GOMES NETO (JOÃO DA FILMADORA), UMA PRAÇA COM O NOME DE “OS TRES BOIADEIROS”, UMA ALUSÃO AO FILME LANÇADO NA DÉCADA DE 60.

A CARREIRA DESSA FABULOSA DUPLA SERTANEJA NÃO PARA DE INOVAR.
EM MARÇO DE 2006, GRAVOU O 23º CD QUE LEVA O TÍTULO, “SETE PALAVRAS”, COM UM REPERTÓRIO SELECIONADO POR PEDRO BENTO, PRODUÇÃO DE DIVINO DOS SANTOS, GRAVADO NO STANBY STUDIO, EM SÃO JOSÉ DO RIO PRETO-SP.

NESTE CD, A DUPLA VEIO COM NOVIDADES PARA SEUS MILHARES DE FÃS, POIS, FORAM GRAVADOS SEIS FORRÓS, DEIXANDO ESSE TRABALHO COM UM REPERTÓRIO BEM DANÇANTE.

O DESTAQUE DESTE TRABALHO É PARA A FAIXA 02, TITULO DO CD, “SETE PALAVRAS”, ONDE O COMPOSITOR LUIZINHO ROSA, FOI MUITO FELIZ NA
COMPOSIÇÃO, ONDE TROUXE UMA MENSAGEM MARAVILHOSA ONDE ELE DESCREVE UMA PASSAGEM BÍBLICA. NAS DEMAIS FAIXAS TEMOS VÁRIOS COMPOSITORES RENOMADOS, COM LETRAS E MUSICAS DE MUITA QUALIDADE. PEDRO BENTO MAIS UMA VEZ FOI PERFEITO NA ESCOLHA DO REPERTÓRIO, POIS O MESMO ESTÁ BEM ATUAL, COM MUSICAS QUE TRÁZ MENSAGEM, MODA DE VIOLA, RESGATANDO UM DESAFIO BEM HUMORADO, SEM FALAR NAS HOMENAGENS A 50 ANOS DE BARRETOS, AOS GRANDES NOMES DA HISTÓRIA E SAUDAÇÃO A MINAS GERAIS. TUDO ISTO REUNIDO NESTE CD.

A VENDAGEM DESTE CD, INTITULADO “SETE PALAVRAS”, ULTRAPASSOU A 70.000 CÓPIAS, CONTEMPLANDO A DUPLA PEDRO BENTO E ZÉ DA ESTRADA COM MAIS UM DISCO DE OURO EM SUA GALERIA, QUE FOI ENTREGUE PELA GRAVADORA R.I, NO PROGRAMA VIOLA MINHA VIOLA, TV CULTURA, PROGRAMA APRESENTADO PELA CANTORA E APRESENTADORA INEZITA BARROSO.

NO ANO DE 2007, O PROJETO REALIZADO FOI A GRAVAÇÃO DO CD “PEDRO BENTO E ZÉ DA ESTRADA, 50 ANOS DE MARIACHIS E GRANDES SUCESSOS SERTANEJOS”. ESSE CD FOI UM TRABALHO PARA COMEMORAR OS 50 ANOS DE CARREIRA DA DUPLA.

NOVAMENTE COM SELEÇÃO DE REPERTÓRIO DE PEDRO BENTO, UM TRABALHO COM MUITO CRITÉRIO NA ESCOLHA, CONSEGUIU REUNIR 17 GRANDES SUCESSOS, ONDE SÃO MUITO SOLICITADAS EM SHOWS.

ESSE MAIS RESCENTE TRABALHO, TOTALMENTE COM UMA ROUPAGEM NOVA, TRÁS AQUELAS RANCHEIRAS DE TIRAR O CHAPÉU, OU MELHOR, O SOMBREIRO, ALÉM DE TOADA, POLKA, SERTANEJAS E ATÉ TANGO.
O CD VEM COM A 1º FAIXA, COM O SUCESSO, “A LUA É TESTEMUNHA”, SEGUIDA POR “COXINILHO”, “AMANHECI EM TEUS BRAÇOS”, “PENA DE MINHA ALMA”, “TROPAS E BOIADAS”, MULHER DE NINGUÉM”, “DESEJO ANTIGO”, “VINTE ANOS”, “ÉBRIO DE AMOR”, “GALOPEIRA”, “CAMINHO DE MINHA VIDA”, “SETE PALAVRAS”, “CAVALO PRETO VALENTE”, “CANÇÃO PARA TI”, “SERENATA DE AMOR”, “CONTRA O VENTO”, “FRACASSO DO BOÊMIO”.

ESSE ALBUM NÃO PODE FALTAR NA COLEÇÃO DO APRECIADOR DA MUSICA SERTANEJA.
HOJE, PODEMOS DIZER QUE A DUPLA PEDRO BENTO E ZÉ DA ESTRADA, É IGUAL A VINHO, AO PASSAR DO TEMPO, ELES ESTÃO CADA VEZ MELHORES.

COM UMA AGENDA REPLETA DE COMPROMISSOS A DUPLA LANÇOU EM 2008 O SITE OFICIAL WWW.PEDROBENTOEZEDAESTRADA.COM.BR , ONDE RECEBE INUMERAS VISITAS, QUE APROXIMOU MAIS OS FÃS COM A DUPLA.

PARA RECOMPENSAR O GRANDE TRABALHO DA DUPLA, EM SETEMBRO DE 2008, ESTE ÁLBUM COMEMORATIVO AOS 50 ANOS DE CARREIRA FOI INDICADO PARA A MAIS IMPORTANTE PREMIAÇÃO DA MÚSICA LATINA, O “GRAMMY LATINO” NA CATEGORIA DE “MELHOR ÁLBUM DA MÚSICA TRADICIONAL REGIONAL OU DE RAÍZES”, ONDE PEDRO BENTO E ZÉ DA ESTRADA, SE SENTEM MUITO HONRADOS EM VER ESTE TRABALHO SER RECONHECIDO POR TODOS.

NO MÊS DE ABRIL DE 2010 A DUPLA LANÇOU MAIS UM CD PARA SEUS FÃS, INTITULADO “CRIAÇÃO DO MUNDO”, QUE É DE AUTORIA DO COMPOSITOR LUIZINHO ROSA E QUE VEM DANDO SEQUÊNCIA A “SETE PALAVRAS”. ESTE NOVO TRABALHO ESTÁ SENDO AGUARDADO COM MUITA ANSIEDADE POR TODOS E O MESMO TRAZ UMA REGRAVAÇÃO QUE É “SÃO JUDAS TADEU” (PALMEIRA E LUIZINHO), ALEM DE UM REPERTÓRIO INÉDITO COM “CHORAR CHORAR”(PEDRO BENTO),”BOEMIO NO BAR”(PEDRO BENTO E DOURADENSE), “MENINO SANTO”(ADEMAR BRAGA E PEDRO BENTO),
“COWBOY DAS MENINAS”(PEDRO BENTO E CAROLINE LEME), “ÉGUA BAILARINA”(PEDRO BENTO), “O AMOR E A LUA”(JOÃO MIRANDA E GAUCHINHO DE BAGÉ), “SANGUE DE PIRANGUEIRO”(JOÃO MIRANDA E DA COSTA), “HOMENAGEM AOS POLICIAIS”(PEDRO BENTO), “HERÓI DE MINHA INFÂNCIA”(PAULO AZARIAS E MARIAH), “FOGO NA CASA”(JOSÉ TEIXEIRA E JORGE RANGEL E ELTON NAZARÉ),
“VIOLA E PAIXÃO”(PEDRO BENTO), “JANELA DO TEMPO”(ADEMAR BRAGA E PEDRO BENTO), “SITIO NHÔ BASTIÃO”(PEDRO BENTO E ZÉ LUIZ). “POR UM AMOR” (ADAPTAÇÃO WANDERLEY PEREIRA), “MANERA AÍ” (JOSÉ ANTONIO PICCOLO E ZÉ DA ESTRADA).

O MAIOR PROJETO DA DUPLA PARA ESTE ANO SE TORNOU REALIDADE O LANÇAMENTO DO 1º DVD, GRAVADO EM AGOSTO FOI LANÇADO EM FEVEREIRO DE 2012. O DVD FOI CUIDADOSAMENTE ELABORADO PARA BRINDAR AOS SEUS MILHARES DE FÃS COM UM PRODUTO DE ALTA QUALIDADE.

PEDRO BENTO E ZÉ DA ESTRADA SÃO OS PERFEITOS EXEMPLOS DE TALENTOS E FORÇA DE VONTADE. SÃO PERSONAGENS INDISPENSÁVEIS QUANDO SE FALA NA AUTÊNTICA MÚSICA SERTANEJA. VALE A PENA CONFERIR.

Contato para Shows:
MAIRIPORÃ PROMOÇÕES ARTÍSTICAS LTDA
AV. RIO BRANCO Nº 320 – 5º CONJ. 52 – CENTRO
SÃO PAULO – SP –
FONE: (11) 3221-0727 3221-4017 3337-7309
www.mairiporapromocoes.com.br
shows@mairiporapromocoes.com.br

Agradecimentos - Wallace Moraes
 
Divulgue o seu artista, seus produtos, sua festa de peão, sua balada em nosso canal
COUNTRY CLUB TV
Entre em contato conosco!
 
 

Country Club Brasil ©2006 - Todos os direitos resevados