Musical “Nuvem de Lágrimas” tem sua temporada estendida em São Paulo
O espetáculo com músicas consagradas nas vozes de Chitãozinho & Xororó e livre adaptação do clássico “Orgulho e Preconceito” volta dia 08 e permanece até 31 de janeiro no Teatro Bradesco

Devido ao sucesso de público em 2015, o musical “Nuvem de Lágrimas” reestreia em janeiro e segue até o dia 31 no Teatro Bradesco, no Bourbon Shopping.

As sessões aos sábados às 17h também estarão de volta.

Os cantores e atores Gabriel Sater e Lucy Alves interpretam o casal Darcy e Bete na livre adaptação de ‘Orgulho e Preconceito’, da escritora inglesa Jane Austen, com músicas consagradas nas vozes de Chitãozinho & Xororó

Direção de Tania Nardini e Luciano Andrey
Direção musical e arranjos de Carlos Bauzys
Texto de Anna Toledo

O musical “Nuvem de Lágrimas” é uma livre adaptação de “Orgulho e Preconceito”, obra de 1813 da escritora inglesa Jane Austen, com músicas consagradas nas vozes de Chitãozinho & Xororó, que chega ao Teatro Bradesco, em São Paulo, na quinta-feira, dia 5 de novembro, às 21h.

A produção da Move Concerts (do empresário e produtor cultural Wiliam Crunfli e da atriz e produtora Adriana Del Claro), da Livre Entretenimento (do produtor, diretor e versionista Luciano Andrey) e da Opus Promoções conta a história do amor descompassado de Darcy e Bete, vividos por dois prodígios da música brasileira: o cantor e violeiro Gabriel Sater e a cantora e multiinstrumentista paraibana Lucy Alves (finalista do programa The Voice Brasil).

“Nuvem de Lágrimas é um musical inédito, 100% brasileiro, que homenageia a cultura brasileira com canções do repertório de Chitãozinho & Xororó.

Escolhemos a dupla por eles serem referência da música sertaneja. Com 45 anos de carreira, eles tocam música de raiz, passaram por todas as gerações e continuam aí até hoje, se reinventando”, explica o diretor Luciano Andrey. “É um espetáculo livremente inspirado em um clássico da literatura mundial, que trata essencialmente da dificuldade que o ser humano tem de enxergar o outro como semelhante, sem os filtros e os véus criados pela sociedade organizada.
No nosso caso, o veículo para romper estas barreiras é a música, mais que isso, a paixão pela música. Nosso elenco é composto de artistas que têm essa paixão! Todos têm uma forte ligação com a nossa música, todos respiram e inspiram a diversidade da musicalidade brasileira!", completa a diretora Tania Nardini.

A trama é ambientada na zona rural de Santana do Ribeirão, cidade fictícia do interior de São Paulo, no início dos anos 1990. Bete Borba é gerente de uma cooperativa agrícola local e tem o sonho de se tornar cantora, formando uma dupla com a irmã Jane. Já Darcy, advogado da Fazenda Jardim (a maior propriedade rural da região) se deixa escravizar pelas aparências, esquecendo-se de seus próprios sonhos. Aos poucos, os dois descobrem muitas afinidades como o amor pela música, mas como são muito orgulhosos para admitir, terão que enfrentar seus próprios preconceitos para ficarem juntos.

As sombras de paixões mal resolvidas surgem também entre os mais velhos. Os efeitos de um amor fortuito abafado no passado ameaçam a estabilidade de uma amorosa mãe e de um chefe de família. Paralelamente, outras tramas envolvem os personagens com nuances de índole e preconceitos.

O espetáculo tem direção de Tania Nardini (que também dirige as coreografias), responsável pelas montagens de "Chicago" ao redor do mundo, e Luciano Andrey, que protagonizou a versão brasileira do musical "Priscilla, Rainha do Deserto", texto de Anna Toledo e direção musical de Carlos Bauzys, que fez também os arranjos e a preparação vocal em parceria com Daniel Rocha.

“Fiquei contente com o convite para criar uma história original para o musical com canções conhecidas nas vozes de Chitãozinho & Xororó e tive a ideia de usar a estrutura do clássico “Orgulho e Preconceito” como base. As canções do repertório da dupla falam de amor, de saudade, e tem um romantismo universal.
Sou fascinada pela relação de amor e ódio dos protagonistas. No romance de Jane Austen, a questão central é a diferença social como obstáculo ao amor, outro tema muito presente na música sertaneja”, comenta a autora Anna Toledo.

O elenco reúne 23 atores, cantores e bailarinos com vasta experiência no teatro musical brasileiro. No elenco estão Zé Henrique de Paula, Blota Filho, Rosana Penna, Sérgio Dalcin, Adriana Del Claro, entre outros. Além do elenco fixo, haverá uma banda formada por nove músicos – cada um executando ao vivo os hits aclamados pela dupla Chitãozinho & Xororó, com arranjos criados especialmente para o espetáculo musical.

Entre as canções escolhidas para contar essa história estão mais de 20 músicas conhecidas do repertório da dupla paranaense como os sucessos “Evidências” (José Augusto e Paulo Sérgio Valle), “Nuvem de Lágrimas” (Paulo Debetio e Paulinho Rezende), “Fio de Cabelo” (Darci Rossi e Marciano), “Se Deus me Ouvisse” (Almir Rogério) e “No Rancho Fundo” (Ary Barroso e Lamartine Babo).

Os figurinos são do premiado Fabio Namatame, que assinou as criações dos musicais “Cabaret”, “Crazy for You”, “Raia 30”, “My Fair Lady” e “West Side Story”, entre outros. Já os cenários foram criados e executados por Paulo Corrêa, responsável pelos musicais “A Família Addams”, “Evita” e “O Rei e Eu”.

FICHA TÉCNICA:

Direção: Tania Nardini e Luciano Andrey
Texto: Anna Toledo
Direção musical e arranjos: Carlos Bauzys e Daniel Rocha
Coreografias: Tania Nardini
Cenografia: Paulo Corrêa
Figurinos: Fabio Namatame
Iluminação: Ney Bonfante
Som designer: Fernando Fortes
Direção de produção: Luciano Andrey
Produção executiva: Tatiana Veliz Lobo
Realização: Move Concerts e Livre Entretenimento

ELENCO E PERSONAGENS:

Bete Borba – Lucy Alves
Darcy – Gabriel Sater
Jane Borba – Adriana Del Claro
Lídia Borba – Letícia Maneira Zapulla
Zé Borba – Zé Henrique de Paula
Juci Borba – Rosana Penna
Carlinhos Jardim – Sérgio Dalcin
Caroline Jardim – Erika Altimeyer
Doutor Jardim – Blota Filho
Seu Juca - Roberto Sargentelli,
Mineiro - Pedro Caetano
Cantador - Fabio Augusto Barreto
Cantador - Paulo Ocanha Jr.

Ensemble feminino:
Vanessa Rodrigues
Juju Ramos
Luciana Pandolfo
Pamella Machado
Nathália Mancinelli
Jaqueline Brambilla
Maria Netto

Ensemble masculino:
Tinno Zani
Otavio Zobaran
Wilson Feitosa Jr.

Banda:
Daniel Rocha (diretor musical e regente) - guitarra, violão e viola caipira
Lucas W. Vargas – piano e acordeon
Kiko Andriolli – bateria e percussão
Willy Verdaguer – baixo e segundo regente
Elisa Monteiro – viola
Helena Akiko Imasato – violino
Carol Duarte – violino
Watson Clis – violoncelo
Renan Achar – pianista ensaiador

SERVIÇO: Musical “Nuvem de Lágrimas”
Estreia: 5 de novembro (quinta-feira)
Local: Teatro Bradesco
Endereço: Rua Palestra Itália, nº 500, Bourbon Shopping São Paulo, 3° Piso, Perdizes, São Paulo
Dias e horários: de quinta-feira a domingo (quinta, às 21h; sexta, às 21h30; sábado, às 17h e às 21h; e domingo, às 19h)
Ingressos: de R$ 25 a R$ 190
Pontos de venda: bilheteria do Teatro Bradesco, pelo telefone 4003-1212 e pelo site www.ingressorapido.com.br
Informações: www.teatrobradesco.com.br e www.nuvemdelagrimas.com.br
Temporada: até 20 de dezembro

Informações para imprensa
Novità Comunicação Estratégica – assessoria “Nuvem de Lágrimas”
Thaís Fernandez/ Milena Ootuca/ Kátia Almeida
 
Divulgue o seu artista, seus produtos, sua festa de peão, sua balada em nosso canal
COUNTRY CLUB TV
Entre em contato conosco!
 
 

Country Club Brasil ©2006 - Todos os direitos resevados